terça-feira, 28 de novembro de 2017

Como Agradar a Mulher no Seu E-comerce: Elas São as Maiores Consumidoras da Web



poder de compra da mulher online


Segundo pesquisa da Sophia Mind, 28% das mulheres entrevistadas gastam mais de R$ 700 por mês no comércio eletrônico, sendo que 55% das e-consumidoras compram através de redes sociais.


A pesquisa aponta ainda que 41% das mulheres admitem usar a internet, principalmente, para efetuar compras.


Outro dado revelado é que, no ano passado, as mulheres com mais de 50 anos representavam apenas 14% das das mulheres que consumiam online e, em 2015, elas passaram a representar 21% das mulheres que compram pela internet.


Para que as empresas on-line possam aproveitar a boa oportunidade, é preciso ser impecável nos processos de atendimento e de venda, garantindo destaque frente à concorrência.

E para conquistar a  mulher consumidora digital, especialista em comércio eletrônico e marketing digital, dão as seguintes dicas:

Capriche no visual do seu site


Ao contrário dos homens, as mulheres reparam nos mínimos detalhes, o que inclui estética, design, cores e imagens.

Se o seu site tiver um layout de mau gosto, pode ter certeza que as chances de você afugentar a cliente são imensas.

Aposte no visual clean, moderno e chique. Se possível, disponibilize fotos de todos os produtos e invista na produção das mesmas. Se puder fazer as fotos em um estúdio profissional, não hesite em fazê-lo.

Atente-se à organização do portal


Por ser detalhista, a mulher prefere se deparar com um site cujos produtos estejam adequadamente disponibilizados, que a navegação seja de um site moderno e organizado e sem poluição visual.

Separe os diferentes tipos de produtos por links ou seções e, dentro de cada seção, agrupe-os conforme a usabilidade.

Informação é tudo: 


Na hora de comprar, as mulheres não são nada objetivas!

Querem saber preço, tecido, cor, tamanho, modelo e etc. Quanto mais informação, melhor.

Disponibilize uma descrição clara sobre cada produto, destacando os pontos que mais interessam à consumidora.

Atenção: não omita ou invente informações. Se a descrição de um produto no site não estiver condizente com a realidade, a cliente ficará bastante frustrada.

Explore a sinestesia e venda pela emoção


As mulheres são extremamente sinestésicas: gostam de ver o produto de perto, de tocar, de experimentar, de sentir a textura e, especialmente quando se trata de roupas e acessórios como joias, gostam de conferir como as peças ficam no corpo.

Por isso, comprar pela internet pode ser um tiro no escuro.

E, mesmo sendo um direito básico do consumidor, garantido por lei, muitas lojas virtuais dificultam a troca e/ou devolução, fazendo com que a cliente acabe ficando com o produto por “desistência”.

Para conquistar a consumidora moderna, nada como facilitar sua decisão de troca e/ou devolução, caso a peça não caia tão bem quanto aparentou no momento da compra.

Aposte nos mimos, brindes e presentes extras: 


Qual mulher não gosta de agrados como brindes, promoções atrativas, cartões em datas especiais ou embalagens exclusivas?

Apesar de aparentar ser uma ação pontual, que não garante a fidelização da cliente, proporcionar mimos é uma estratégia que, se feita constantemente e direcionada ao seu perfil de consumo, pode, sim, torná-la uma cliente fiel.

Daí a importância de manter atualizado o cadastro da consumidora com informações sobre seu histórico de compra e suas preferências.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Gravidez: Sintomas e Curiosidades o Momento Mias Especial da Mulher

A gravidez é um dos momentos mais felizes para a mulher, uma fase em que ela se descobre mãe e muda sua forma de pensar e viver. 

incomodôs das grávidas


Conceber um filho é para os pais uma bênção, que enxergam na gravidez o melhor momento de suas vidas.

Quando grávida, a primeira coisa que a gestante notará é que o uso do banheiro vai aumentar e o papel higiênico ficará manchado, o que significa que a mulher perdeu o período menstrual por um ou dois meses.

Para as mulheres que possuem um fluxo menstrual regular, atrasar por um ou dois meses é sinônimo de gravidez.

Muitas gestantes só percebem que podem estar grávidas quando sentem enjoos e os seios sensíveis, o que as faz optar por fazer um teste de farmácia (teste que raramente falha) ou exame de sangue.

Todas as mulheres grávidas sentem estes sintomas, algumas com uma frequência maior, outras com sinais mais agudos.

Vale lembrar que estes são apenas os sintomas iniciais de uma gravidez, pois com o passar dos meses você vai notar que seu corpo sofrerá inúmeras alterações.

Vídeo Sintomas de Gravidez 


Os primeiros meses de gravidez não alteram muito o corpo, as mulheres ficam com os quadris um pouco largos e sentem os pés inchados, mas nada fora do comum.

A gestação é responsável por certa fadiga e o sono constante da mulher, mas não a impede de trabalhar.

Um dos sintomas mais incômodos são o aumento dos gases, que afetam muitas mulheres em boa parte da gestação.

Apenas com o passar dos meses é que os sintomas da gravidez aparecem com frequência, por volta dos cinco meses as dores no corpo e o peso a mais costumam desencorajar a mulher de realizar as atividades do dia a dia.

Se você descobriu que está grávida, aproveite para curtir esse momento em família e comece a deixar os preparativos para o nascimento em ordem, como enxoval do bebê, decoração do quarto, brinquedos educativos e os acessórios de bebê (berço, chupetas, mamadeiras etc).


Você irá ficar cada dia mais apaixonada com sua gestação, portanto aproveite esta fase


O mais importante na gravidez é cuidar de si mesma, desta forma você garante bem estar para o seu bebê.

Ficar estressada ou fazer muitas atividades físicas pesadas podem prejudicar a saúde da criança e o andamento da gestação, portanto, sempre que sentir-se cansada prepare um descanso para seu corpo e mente, é uma ótima maneira para aliviar as dores e o cansaço.